O Cadastro Nacional de Implantes de Silicone pela Sociedade Brasileira de Cirurgia Plástica

com Nenhum comentário

A Sociedade Brasileira de Cirurgia Plástica (SBCP) lançou no dia 01 de março, quinta-feira, um cadastro nacional de implantes de silicone que reunirá dados como o cirurgião que o realizou, marca, número de série e lote das próteses utilizadas, data e local da cirurgia e sua finalidade, como aumento, troca ou reconstrução mamária. As informações já estão sendo coletadas.

Com estes dados será possível rastrear mulheres com a prótese. Para preservar o sigilo entre médico e paciente, o banco de dados não terá os nomes dos envolvidos. Se houver notificações de problemas com uma determinada prótese, a SBCP avisará o medico, que deverá entrar em contato com a sua paciente.

A SCBP deve ainda se reunir com a Anvisa (Agência Nacional de Vigilância Sanitária) para discutir como usarão o cadastro juntas.

Apesar do cadastro não ser obrigatório, por aqui ele já recebeu adesão, pois representa uma maior segurança na relação entre o médico e paciente, e visa manter a confiança na tomada de decisão para este momento, sempre priorizando a saúde das mulheres que se submeteram ao procedimento.

Deixe uma resposta