A mastopexia

com Nenhum comentário

Fatores como a gravidez, a amamentação, as oscilações de peso, o envelhecimento, a gravidade e a hereditariedade podem trazer à mulher a sensação de que os seios perderam a forma e o volume. Muitas vezes, isto é causado por conta das alterações e perda da elasticidade da pele. Para corrigir, levantar ou melhorar, a mastopexia pode ser indicada.

Comumente referida como lifting de mama, a cirurgia de mastopexia reposiciona as mamas, tanto na parte glandular quanto do mamilo, removendo o excesso de pele e comprimindo o tecido para compor o novo contorno da mama com um aspecto jovem e firme. Esta cirurgia não altera o tamanho dos seios ou preenche a parte de cima do colo, para tal é necessária a associação com a mamoplastia de aumento.

A cirurgia pode ser realizada através de uma variedade de técnicas de incisão, que será decidida com base no tamanho, forma, posição e grau de flacidez da mama e das aréolas e só poderá ser indicada após a consulta. As incisões comuns podem ser feitas em L, ao redor da aréola, em I ou em T invertido. Assim o tecido mamário é levantado e remodelado, o que melhora a firmeza e o contorno da mama e o mamilo e a aréola reposicionados. O procedimento dura entre duas e três horas e é feito com anestesia geral.

Ao longo dos meses o resultado é agradável, algumas linhas de incisão são escondidas nos contornos naturais da mama, no entanto outras podem ficar visíveis na superfície. As cicatrizes melhoram significativamente com o passar do tempo.

mastopaxia reposicionamento dos seios

Deixe uma resposta