Pergunte ao médico, não ao Google.

com Nenhum comentário

 

Hoje, vivemos a era digital, onde nenhuma pergunta fica sem resposta com poucas palavras colocadas no Google. Não à toa, 80% da população usa a internet para pesquisar sobre saúde e bem-estar, buscando por informações médicas. Mas, menos da metade delas se certifica se a fonte das informações é confiável. Esse fenômeno tem até apelido, Dr. Google.

E é neste ponto que deve-se ter muito cuidado e escolher bem a fonte onde você está pesquisando. A atitude de se informar mais sobre um procedimento e suas características não é proibitiva, nem desaconselhada, desde que as informações disponíveis sejam confiáveis e endossadas por um médico. Uma dica é procurar por sites de sociedades médicas e seus membros e instituições de pesquisa para se informar mais sobre. Desconfie sempre de sites que induzam a usar um produto ou tratamento específico.

No entanto, é bom evitar fazer o autodiagnostico e muito menos fazer comparações com histórias em blogs pessoais. Na dúvida, procure um médico. E lembre-se, a relação médico/paciente deve ser sempre de confiança.

Dr. Google? Cuidado com informacoes sobre saude na internet

 

Deixe uma resposta