Cirurgia reparadora

com Nenhum comentário

 

 

Regiões afetadas pelo câncer, orelhas de abano, reconstruções necessárias após acidentes e síndromes congênitas. O número de cirurgias reparadoras cresceu consideravelmente. Os dados da Sociedade Brasileira de Cirurgia Plástica comprovam: em 2015, foram realizadas 1,5 milhão de procedimentos sendo 600 mil reparadoras – elevando para 40% do total. Segundo pesquisas, pacientes da cirurgia bariátrica também têm recorrido à cirurgia reparadora, já que com a perda de peso é comum ter regiões flácidas e com excesso de pele, principalmente no abdômen, costas, coxas e braços. O mais importante é que o resultado serve de motivação nos tratamentos para curar traumas físicos e psicológicos. É a cirurgia plástica trabalhando a favor do bem-estar, da satisfação pela própria imagem. #cirurgiaplastica #esteticacorporal #autoestima #beauty #instabeauty #cirurgiareparadora

 

cirurgia-plastica-reparadora-5

Deixe uma resposta